Quais praias visitar em Alagoas?

21 Aug 2017

Maceió e Maragogi com certeza são lugares desejados por todos os viajantes, e não é para menos, estas cidades de Alagoas nos impressionaram muito por suas belezas naturais. Não é à toa que o litoral alagoano é conhecido como o Caribe brasileiro!

Depois das passagens aéreas compradas e dos hotéis reservados, surge então a dúvida: quais praias devo conhecer? Bom, a parte ruim é que você dificilmente conhecerá todas numa viagem de apenas alguns dias, pois são muitas, já a parte boa é que dificilmente você irá se decepcionar com alguma, pois cada uma tem sua beleza peculiar e todas tem a água quentinha!

Vamos descrever as praias que visitamos para ajudar você a escolher, ou, se preferir, podemos ajudá-lo a montar um roteiro com os detalhes de transporte e hospedagem, por exemplo, para você aproveitar melhor estas belezas do nosso Nordeste!

 

 

Praia de Pajuçara

 

A praia de Pajuçara é uma das mais conhecidas de Maceió, pois é onde se encontram muitos hotéis.

É um local com boa infraestrutura, bons restaurantes, dá para passear no calçadão e comprar lembranças e comidinhas locais na feirinha de artesanato. Para hospedagem, é um bom local, apesar de atualmente estar aumentando a concorrência com a praia da Jatiúca, que também é uma boa opção.

Como primeira impressão de Maceió, não nos decepcionou. Mesmo em dia nublado, até com um pouco de chuva, olha a cor do mar!

A praia é famosa por suas jangadas, que levam até as piscinas naturais, aliás, quando estiver por lá, você vai cansar de ouvir falar em “passeio para as piscinas naturais”, pois é oferecido em quase todas as praias.  Este passeio não é o melhor, tem piscinas naturais muito mais bonitas e limpas, mas é um passeio relativamente barato, cerca de 30 reais por pessoa, dependendo se irá dividir ou não a jangada com outras pessoas, ou seja, dá para negociar. Então, recomendamos fazê-lo, mas sempre de olho na tábua de marés, se a maré estiver alta não vale a pena, a menos que negocie um valor mais barato só para passear de jangada.

Geralmente, quanto mais cedo pela manhã, mais baixa a maré, então muitas vezes as jangadas só fazem o passeio antes das 10. Quanto mais cedo melhor, se não depois já fica muito cheio, e vira uma muvuca nas piscinas...

Tem até um “bar jangada” que oferece drinks e pratos com frutos do mar, aquela jangada com o guarda-sol na foto abaixo. 

Dá para ver vários peixes, principalmente quando os jangadeiros dão comida para jogar para eles, nem precisa de snorkel.

 

Infelizmente, na orla a água não é própria para banho, então é uma praia mais para passear ou fazer o passeio de jangada. Bom, mesmo se não ficar hospedado ali, vale passar pelo menos uma manhã para fazer o passeio e ir na feira de artesanato.

 

 

Praia da Ponta Verde

 

A praia de Ponta Verde fica entre as praias de Pajuçara e Jatiúca, é possível chegar caminhando de qualquer uma delas. É considerada uma das praias urbanas mais bonitas do Brasil. Há mirantes com coqueiros para sentar e tomar uma água de coco!

 

Nosso programa foi ver o pôr-do-sol, já que é um lugar com uma vista bonita de Maceió. Leia mais dicas no blog lavaiosol. 

 

Praia do Gunga

 

Este pode ser o lugar que você mais vai ver coqueiros na sua vida! É onde fica a maior fazenda de coqueiros de Alagoas.

É um mar de coqueiros impressionante! Para ter esta vista, há um mirante logo na saída da rodovia, onde há o acesso à Praia do Gunga. A entrada no mirante custa 3 reais. Achamos que valeu a pena!

A praia é bem grande, com muitos coqueiros claro, para quem quiser ficar de boa na sombra...

...mas também tem uma boa estrutura de bares, para quem preferir, ou for passar o dia, como fizemos.

Reservamos 1 dia de passeio para esta praia, devido à estrutura que oferece e por ter várias opções de passeios, mas é possível fazer em menos tempo.

Há passeios de buggy e de quadriciclo para as falésias. Escolhemos o quadriciclo, que custou 100 reais. Fomos nós dois num quadriciclo seguindo um guia de moto, passeando entre o coqueiral até chegar na região das falésias.

É um lugar lindo! Ao final do passeio há uma lagoa de água doce onde se pode tomar banho.

A praia do Gunga fica a cerca de 40 km de Maceió e foi a única que escolhemos visitar ao sul da capital. Existem outras ainda, como a Barra de São Miguel, mas deixamos para a próxima, pois ao norte tem muito mais!

 

Praia do Carro Quebrado

 

Entre Maceió e Maragogi existem muitas praias, ficando difícil escolher quais visitar. Como não tínhamos muito tempo, paramos em apenas 2, sendo a do Carro Quebrado uma delas.

Foi uma parada rápida no trajeto, mas não foi muito fácil chegar. Várias vezes pensamos estar perdidos em estradas de terra, até que chegamos nessa maravilha!

Não chegamos a descer na praia, fomos apenas num mirante, que dava um certo medo, pois era um penhasco, mas a vista compensou tudo!

Se for com mais tempo, vá para a praia procurar o tal carro quebrado, que muitos acham que nem existe, pois não é fácil de encontrar...

 

 

São Miguel dos Milagres

 

Chegamos na praia de São Miguel dos Milagres no meio da manhã e foi a primeira vez que nos deparamos com a maré tão baixa, “zerou!”, como nos alertou um local nos oferecendo o passeio às piscinas naturais.

 

Vimos que nem precisaríamos comprar um passeio, pois dava para ir caminhando pelos corais até as piscinas, com aquela água muito quente nas canelas!

 

Só tem que tomar cuidado com os ouriços nos corais!

 

Esta praia não tem tanta estrutura, havia apenas um restaurante funcionando pois não era alta temporada, fomos em abril...muito tranquilo....

 

 

Praia de Japaratinga

 

Esta foi uma boa surpresa! Antes de chegar em Maragogi, passamos por Japaratinga, que nos impressionou por ser uma grande extensão de águas claras e vistas de tirar o fôlego já da rodovia.

 

Esta praia nem estava no nosso roteiro, mas como sobrou tempo resolvemos conhecê-la melhor. Mais uma vez, mesmo o dia estando nublado, a cor da água chama a atenção!

 

Também é possível fazer o passeio às piscinas naturais, que é mais em conta do que em Maragogi.

 

 

Praia de Maragogi

 

Para quem escolhe não ficar hospedado em um grande resort, uma boa opção são as pousadas no centro de Maragogi, com preço bem mais acessível e bem localizadas. Há muitas opções de restaurantes, lojas de souvenirs, etc...

A praia neste local não é própria para banho, então é melhor ir de carro para outras praias próximas ou, se não estiver de carro, comprar um passeio de buggy para conhecer as outras praias.

O que não dá para deixar de fazer é o passeio para as Galés, que são as famosas piscinas naturais de Maragogi. Há várias agências que oferecem o passeio e as pousadas e hotéis também recomendam. Nós reservamos 1 dia antes com a agência Corais do Maragogi e custou 150 reais para 2 pessoas. No barco também oferecem aluguel de snorkel, fotógrafo e até aulas de mergulho com cilindro para iniciantes.

O importante é certificar-se que irá para as Galés, pois só descobrimos lá que existem outras áreas de piscinas naturais, como a chamada Taocas, que às vezes levam dizendo que é Galés. Bom, não fomos para Taocas, deve ser bonito também, mas o passeio tradicional é para Galés.

Da mesma forma que nas outras piscinas naturais, ficar atento a tábua de marés e ir o mais cedo possível. Diferente das piscinas de Pajuçara, estas tem um número máximo de visitantes, o que é muito bom para a preservação dos corais e para visualizar melhor, porém, faz com que seja necessário reservar com antecedência. No nosso caso, foi só 1 dia antes, mas na alta temporada (novembro a março) é melhor reservar com mais antecedência, assim que for possível ver a previsão da maré.

 

 

Praia da Ponta do Mangue

 

Esta praia está a 12 km de Maragogi e é a última ao norte de Alagoas, já na divisa com Pernambuco.

Quando fomos, o dia não estava muito bonito, então não achamos nada de mais nesta praia. Bom, eu diria para ir se sobrar tempo.

 

 

Praia de Antunes

 

A praia de Antunes está a 7 km do centro de Maragogi. Tínhamos uma grande expectativa, pois esta era a praia nº1 de Maragogi segundo sites de avaliação de viajantes. Não nos decepcionamos!

 

Gostamos tanto, que fomos 2 vezes! Um dia no período da tarde, em que a maré estava alta e o mar um pouco agitado...

...e no outro dia pela manhã, maré baixa, uma lagoa! Nem parecia a mesma praia!

Não tinha quase ninguém...parecia que estávamos sozinhos no paraíso!

Com a maré bem baixa, também pudemos ir andando longe no meio do mar, com aquela água quentinha...e realmente entendemos o porquê da comparação com o Caribe!

 

Estas foram as praias próximas à Maceió e Maragogi que visitamos. Como dito anteriormente, existem muitas outras. Ficamos com vontade de conhecer Ipioca e Paripueira, mas não deu tempo. Já a tão falada Praia do Francês, nos recomendaram não perder tempo, pois é muita muvuca.

Cada um tem seu estilo, mas esperamos que o que escrevemos ajude a decidir aonde ir, e, se precisar mais detalhes, aguardamos seu contato!

 

 

Compartilhar no Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

3 dias em Viena!

14 Nov 2019

1/3
Please reload

Posts Recentes