3 dias no Uruguai

O Uruguai é o destino ideal para aquela escapadinha no final de semana ou feriado prolongado. É um país pequeno e o foco do turismo está concentrado em Montevidéu, Colônia do Sacramento e Punta del Este. Com um tempo de voo menor que 3 horas, saindo de Guarulhos, fica muito prático fazer este bate-volta.


Montevidéu, capital do Uruguai, tem um pouco mais de um milhão e trezentos mil habitantes, o que a torna uma cidade de certa forma tranquila, mesmo sendo uma capital.

Plaza Independencia em Montevideu

Estivemos por lá em uma viagem de três dias durante um feriado prolongado em novembro e foi muito proveitoso!

A maior parte do nosso transporte foi através de táxi, que não eram caros, e ainda os taxistas eram bons guias turísticos.

Ficamos hospedados na região de Punta Carretas, que foge um pouco do centro, sendo mais tranquilo para sair à noite, e com boas opções de restaurantes.


Começamos nosso roteiro com um passeio pela manhã caminhando pelo centro histórico, chegando na Plaza Independencia, observando a arquitetura do Palácio Salvo, cartão postal da cidade.

Palácio Salvo em Montevidéu

Na sequência fomos em direção à Catedral Metropolitana, passamos ao lado do Teatro Solís e, ainda no caminho, passamos pela Plaza Constitución, onde estava acontecendo uma feira de artesanato e antiguidades, que acontece todo o sábado.

Feira de antiguidades na Plaza Constitución
Catedral Metropolitana de Montevidéu

Seguimos pelas ruazinhas dessa parte antiga da cidade até o Mercado Del Puerto, onde havia algumas lojas de souvenirs e vários restaurantes. Nesta região havia várias casas de câmbio e também a maioria das lojas aceitava reais.

É um local bem turístico, e quase a totalidade dos restaurantes servem principalmente a parrillada, churrasco típico uruguaio.

Mercado del Puerto em Montevidéu
Parrilada em Montevidéu

Então, sem dúvidas, nosso almoço foi uma excelente parrilla, acompanhada de um bom vinho uruguaio.


Como programa da tarde, saímos do mercado e, de táxi, fomos até a vinícola Bodega Bouza, a uma distância de quase 20km.

Bodega Bouza

Já havíamos agendado previamente uma visita guiada com degustação pela internet.

Visita na vinícola Bodega Bouza

A vinícola não é muito grande, mas é bem organizada e bonita, fizemos o tour para aprender um pouco mais sobre vinho e sobre a história dele no Uruguai. Na sequência, fomos para a melhor parte: a degustação!

Degustação de vinhos na Bodega Bouza

Para finalizar o primeiro dia, retornamos ao hotel, descansamos um pouco e, então, saímos para jantar em restaurante próximo.


Para o segundo dia, havíamos reservado no hotel um passeio para Punta del Este e Punta Ballena. Achamos mais fácil desta forma, mas também pode-se fazer o passeio alugando um carro, para ficar mais livre. No nosso caso, como era domingo, os horários das locadoras dificultaram um pouco, e alugar o carro por mais dias ou pegando no aeroporto não valia a pena. Então, o tour foi uma boa opção e na maioria dos hotéis é oferecido.

As 9:00h o ônibus passou no hotel e seguimos em direção a Casa Pueblo em Punta Ballena.

É uma casa obra de arte, pois além de residência, possui uma arquitetura única, construída pelo escultor Carlos Páez Vilaró, demorou quase 40 anos para ser finalizada. Muito interessante!

Visita à Casa Pueblo

Importante alertar que o pagamento para a visita só podia ser feito em dinheiro, não aceitavam cartão, mas podia ser em reais também. Se conseguir visitar a casa para ver o pôr-do-sol, melhor ainda! É um espetáculo, no fim todos batem palma! Infelizmente, com este tour, não pudemos ficar...

Casa Pueblo em Punta Ballena

Seguimos viagem até Punta del Este, cidade de veraneio de uruguaios, brasileiros, e principalmente argentinos. Em novembro, baixa temporada, a cidade estava com pouquíssimo movimento, mas no verão há muito trânsito.

Após passar pelo bairro das mansões, fomos para o centro da cidade almoçar. Ali é um bom lugar para passear e fazer compras.

E não podia faltar a foto com Los Dedos! Ou La Mano, ou Hombre emergiendo a la vida, outros nomes da escultura feita em apenas 6 dias pelo artista chileno Mario Irarrázabal, em 1982.

Los Dedos em Punta del Este

Passear pela orla é bastante agradável. A cidade possui muitas mansões, hotéis de luxo e cassinos. Uma desvantagem desta tour de ônibus é que não dá tempo para fazer uma apostinha hehe.

Punta del Este - Uruguai

O passeio durou quase o dia todo, chegamos no início da noite ao hotel em Montevidéu.


No terceiro e último dia, andamos pelas redondezas do hotel, em Punta Carretas, passeando por lojinhas, comprando souvenirs, doce de leite e vinhos.

Punta Carretas e Rio da Prata

Também passeamos pela Rambla República del Perú, à beira do Rio da Prata, na Playa de los Pocitos, ou como mais conhecida, Rambla de Pocitos. É a “beiramar” dos uruguaios, por ali, muita gente passeando, fazendo as atividades físicas ao ar livre e tomando mate. Lembra um pouco Copacabana...

Rambla de Pocitos em Montevidéu

E assim, finalizamos mais uma viagem, muito bem aproveitada, com um roteiro bem simples, muito agradável, e o orçamento bem enxuto.

Montevidéu - Uruguai

Quer conhecer o Uruguai?! Podemos organizar sua viagem para que seja ideal para seu perfil, considerando tempo, estilo e orçamento. Entre em contato!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone Facebook
  • Black YouTube Icon