Serra Gaúcha - vinícolas familiares

Depois de contar sobre as visitas às vinícolas tradicionais, vamos mostrar um pouco das vinícolas familiares que visitamos, cada uma com seu charme e todas com uma excelente receptividade!



Vinícola Terragnolo


A vinícola Terragnolo fica localizada na Linha Leopoldina, próximo à Casa Valduga, e também conta com estrutura de pousada e spa.

Vinícola e pousada Terragnolo

Conhecemos a vinícola, pois ficamos hospedados ali. A pousada tem vista para os vinhedos e é muito aconchegante. Nos sentimos em casa! O café-da-manhã era ótimo. A localização da pousada permite visitar outras vinícolas a pé. Se tiver interesse em se hospedar, clique aqui para fazer a reserva e mencione que viu no NostroVerso.


Provamos o suco de uva orgânico no café-da-manhã e adoramos! Então fomos visitar a vinícola para conhecer os outros produtos.

Vinícola Terragnolo

A Giovanna, que já havia nos recebido muito bem na pousada, nos explicou sobre a produção, em que é feita a seleção de grãos manualmente e, então, degustamos os vinhos, sucos e geleias!

Degustação na Vinícola Terragnolo

Gostamos bastante da degustação por ser diferente das demais vinícolas, com vários produtos e com a explicação de quem realmente participa do processo! Percebemos a diferença do suco orgânico e do não-orgânico. A geléia de uva também é orgânica, muito boa, mas a de figo foi a que nos surpreendeu!! Os vinhos também eram muito bons!


Vale muito a pena visitar a vinícola Terragnolo, por ser uma visita rápida, já que se trata basicamente da degustação, e, tenho certeza que você levará bons produtos para casa!! A visita não tem custo e não é necessário agendar.



Vinícola Mena Kaho


Procurando por vinhos orgânicos, encontramos a Mena Kaho, que fica no caminho entre o Vale dos Vinhedos e a Vinícola Salton, portanto, dá para combinar a visita das duas no mesmo período.


A vinícola é localizada na linha Eulália. Quem tiver mais tempo pode conhecer a Rota Rural Encantos de Eulália. Nós não fomos, mas pelo que vimos, é parecida com o “Caminhos de Pedra”, mas com estrutura turística mais recente, de 2012.

Vinícola Mena Kaho

Não havíamos agendado, era feriado e, mesmo assim, logo que chegamos fomos recebidos pelo Leandro, que nos apresentou toda a vinícola. Para quem estiver curioso sobre a origem do nome Mena Kaho, há a explicação no site da vinícola: https://www.menakaho.com.br/historia


Começamos visitando a área de produção. A uva mais utilizada é a Isabel, que é a que melhor se adapta na região e, portanto, consegue-se uma maior produção sem agrotóxicos.

Vinícola Mena Kaho

Os equipamentos são bem novos. A maior parte da produção é de suco de uva orgânico, mas produzem vinhos também.

Vinícola Mena Kaho
Vinícola Mena Kaho

Então seguimos para a degustação, feita na loja. Degustamos 1 vinho rosé e 1 suco, ambos orgânicos certificados.

Vinícola Mena Kaho
Vinícola Mena Kaho

Também conhecemos a fantástica Casa de Pedra, casa construída pelo bisavô do dono da vinícola após sua vinda da Itália, em 1885. Atualmente a casa está disponível para hospedagem de até 6 pessoas. Ficamos encantados com a estrutura! Se tiver interesse em se hospedar, nos mande um e-mail nostroverso@gmail.com que fornecemos mais informações!

Casa de Pedra - Vinícola Mena Kaho
Casa de Pedra - Vinícola Mena Kaho

Vinícola Marco Luigi


A vinícola Marco Luigi fica em frente à Terragnolo, na linha Leopoldina do Vale dos Vinhedos.

Vinícola Marco Luigi

Fizemos a visita e nos encantamos com cada cantinho, tudo muito bem cuidado!

Vinícola Marco Luigi

Começamos pelos vinhedos experimentais:

Vinícola Marco Luigi

Vimos a casa que a família morava antigamente:

Vinícola Marco Luigi

E a nova casa, também sede da vinícola:

Vinícola Marco Luigi

Passamos pela área dos tanques de fermentação dos vinhos e espumantes...

Vinícola Marco Luigi

...e chegamos à belíssima cave de pedra, onde ficam os espumantes cuja fermentação é a tradicional (champenoise), na garrafa.

Cave de Pedra da Vinícola Marco Luigi

Também entramos na cave dos vinhos de guarda, de safras históricas, que só são encontrados ali para compra:

Vinícola Marco Luigi

E então fizemos a degustação de 3 vinhos tintos e 3 espumantes. Gostamos muito do Reserva Merlot 2015.

Degustação na Vinícola Marco Luigi

Também merece destaque a sala de degustação, com uma bela janela para os vinhedos!

Vinícola Marco Luigi

A visita guiada acontece todos os dias, tem duração de 1 hora, custa 20 reais por pessoa. Não é necessário agendar, apenas se for um grupo grande. Chegamos às 9:30 e a visita iniciou às 10h. Agradecemos à Luane que nos acompanhou!!


Achamos o lugar muito interessante para eventos! Também gostamos da loja, que tinha várias promoções e vinhos bons bem em conta!



Além destas vinícolas e das que já descrevemos no outro post das vinícolas tradicionais, gostaríamos de ter visitado outras, como a Larentis, a Cave de Pedra e a Lidio Carraro, mas não deu tempo e a gente não é daqueles que sai fazendo uma degustação atrás da outra, preferimos conhecer e aproveitar cada lugar com mais calma. Bom, vamos ter que voltar mais vezes!!


Espero que as informações que passamos sejam inspiração para uma viagem ao Vale dos Vinhedos e para elaborar o roteiro, dicas de restaurantes, transporte e hospedagem, nos escreva: nostroverso@gmail.com.


E mais um brinde aos vinhos brasileiros!!!

Posts Em Destaque

Something Isn’t Working…

Refresh the page to try again.Error: e9cabc33f58e4b50bb5221109e8d8313
Posts Recentes

Something Isn’t Working…

Refresh the page to try again.Error: 6f3b6b84a80148cb93a66a6fdbcee5c0
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone Facebook
  • Black YouTube Icon