2 dias percorrendo a Rota 1 da Costa Oeste Americana

4 Feb 2018

Viajar de carro numa das estradas mais belas do mundo! Curvas, pontes, penhascos e o imenso oceano Pacífico sempre ao lado, assim é a famosa highway 1 na Califórnia!

 

A rota 1, ou SR1 (state route) é a mais longa rodovia estadual da Califórnia, com 1.055 km. É designada também como Pacific Coast Highway, Cabrillo Highway e outros nomes ao longo do caminho. Seus extremos são a intersecção com a I-5 (Interstate-5) próximo ao Dana Point, ao sul de Los Angeles, e a intersecção com a US-101, próximo a Legget, ao norte de San Francisco, ou seja, praticamente percorre toda a costa oeste da Califórnia.

 

A rota 1 é paralela ou se confunde com a US-101 na maior parte do trajeto, portanto, se colocar no GPS, provavelmente traçará a rota pela 101, que é mais rápida. O jeito é seguir as placas e ter um mapa, seja no celular ou no papel, com os principais pontos de interesse.

 

Um dos pontos que a rota 1 está junto com a 101 é na ponte Golden Gate! Bem, uma viagem pela costa oeste americana tem tantos lugares para explorar...neste post não falaremos especificamente sobre San Francisco e Los Angeles, mas do caminho percorrido entre elas. Então, de San Francisco a Los Angeles, vamos listar os pontos imperdíveis para quem percorrer a rota 1!

Começamos a viagem pela Rota 1 saindo de San Francisco, em direção à cidade de Pacifica.

Esta é a primeira dica: achamos melhor percorrer a rota 1 sentido norte-sul, em direção a Los Angeles, o que facilita pois os mirantes ficam do lado direito.

 

Os pontos interessantes neste início do trajeto são Maverick’s, a praia das ondas gigantes e Half Moon Bay, destinos dos surfistas. Porém, é necessário sair um pouco da rota para chegar nas praias, não é fácil de se ver da rodovia, então não paramos.

 

O próximo ponto é Monterey, onde há o Monterey Bay Aquarium. Quem quiser visitar o aquário, sugerimos deixar mais tempo para a rota 1, ou até visitar o aquário num dia e começar a rota 1 a partir dali no outro. O que nós fizemos foi percorrer a rota 1 em 2 dias, sem longas paradas, ou seja, sem incluir esta visita no aquário de Monterey.

 

Agora sim, vamos começar com os pontos de parada pelo caminho:

 

 

17 Mile Drive

 

A 17 Mile Drive é um trecho a percorrer entre Monterey e Carmel-by-the-Sea. Novamente, se usar o GPS dará outro trajeto mais curto, então tem que saber que quer passar pela 17 Mile Drive.

Há um pedágio, que quando fomos custava $9,75. Vale muito a pena! É uma estradinha linda, com vários pontos cenográficos! O mais famoso é o do “Lone Cypress”, o cipreste solitário, que é considerado uma das árvores mais fotografadas na América do Norte!

Também há várias outras árvores interessantes...

Neste caminho fica a Pebble Beach. Não tivemos muita sorte porque pegamos uma frente fria, não estava um lindo dia de sol, mas ainda assim a paisagem era bonita! A praia tem muitas pedras e leões marinhos sobre elas...

Muitos amigos esquilos por ali também!

Mas achamos melhor ir embora logo...

 

Carmel-by-the-sea

 

Carmel é uma cidadezinha muito charmosa, que escolhemos para almoçar. Muitos escolhem passar uma noite e é uma boa opção caso pretendam visitar o aquário em Monterey, por exemplo. Tem bons restaurantes e cafés, lembra um pouco Campos do Jordão.

 

Big Sur

 

Chegou então o tão esperado trecho das pontes! Big Sur é a região que todos imaginam quando ouvem falar na rota 1.

A ponte mais famosa é a Bixby Creek Bridge, mas existem outras parecidas. Nós, empolgados, já paramos na Rocky Creek Bridge!

Esta não deixa de ser uma excelente parada, mas na Bixby Creek que queríamos parar acabamos passando, mesmo sabendo que tinha que cuidar hahahah...conseguimos ver, mas perdemos o melhor ângulo para a foto...

Os mirantes são muitos... pena que estava ventando e frio, então parávamos rapidinho para as fotos e já voltávamos para o carro.

Em alguns momentos de abertura de sol, vimos que linda ficava a cor do mar...

 

McWay Beach

 

Este foi um dos lugares mais bonitos que vimos na Rota 1! Fica na região de um parque: Julia Pfeiffer Burns State Park.

Estacionamos no acostamento da rodovia mesmo e então há uma pequena trilha para chegar num mirante e admirar esta maravilha:

Atenção: Infelizmente esta região tem sofrido com tempestades e desmoronamentos, inclusive ficou um bom tempo fechada para recuperação no ano passado. Por isso, ao planejar e antes de iniciar a viagem pela rota 1, é bom certificar-se de que poderá percorrê-la sem problemas.

Um dos sites para consulta é: http://www.bigsurcalifornia.org/highway_conditions.html

 

 

San Simeon

 

Próxima parada: a praia dos elefantes marinhos! Logo após o Farol Piedras Blancas, em San Simeon, há um ponto de observação de elefantes marinhos.

Eram MUITOS!!!Bem ao lado da rodovia, há um local grande para estacionar. Na época que fomos, em maio, eles passam algumas semanas na areia para troca de pele. O cheiro não era muito agradável rsrsr.

Pela foto nem parece que estão vivos, então vai um vídeo!!

Não é sempre que eles estão em terra. Vem para ter filhotes, acasalar e trocar de pele, em geral, no verão. Para nós foi uma incrível surpresa! Nem esperávamos ver e foi inesquecível!!

 

Além dos elefantes marinhos, em San Simeon há o Hearst Castle, uma mansão no alto de uma colina que foi inspiração para o filme Cidadão Kane. Há visitas guiadas diariamente, mas não fomos pelo tempo que tomaria.

 

 

Morro Bay

 

De repente, surge uma pedra no meio do mar, A pedra! Morro Rock, a pedra da cidade de Morro Bay, local que escolhemos para passar a noite.

Morro Bay é praticamente uma cidade-dormitório. O que mais tem são “hotéis de beira de estrada”, para os viajantes que estão percorrendo a rota 1. Parece bem uma cidade de filme americano. Durante o dia, dá para ficar tranquilamente no meio da rua haha...

O hotel que ficamos era barato, sem luxo, mas não era ruim, no estilo da maioria das hospedagens do local.

A atração da cidade é ver o pôr-do-sol na Morro Rock. O dia não estava dos melhores, vamos ter que voltar para ver um belo pôr-do-sol!

Há lojas e restaurantes na Rua Embarcadero, onde fomos num pub bem bacana, o The Libertine Pub.

 

 

Pismo Beach

 

Saímos de Morro Bay pela manhã para nosso segundo dia na rota 1, e após passar pela cidade de San Luis Obispo, chegamos em Pismo Beach.

Em San Luis Obispo não vimos nada muito interessante, então nem paramos.

Chegando em Pismo Beach, a paisagem já estava mudando, ficando com mais cara de Califórnia...

Demos uma volta pela Ocean Boulevard e paramos no Dinosaur Caves Park, de onde se pode observar os paredões de rocha na beira do Pacífico.

 

Solvang

 

Outra cidade interessante para se conhecer fazendo um pequeno desvio da rota 1 é Solvang, a capital dinamarquesa na América.

A cidade é uma graça, toda em estilo dinamarquês, com moinhos de vento, flores e tudo mais...

Pretendíamos almoçar ali, mas chegamos muito cedo e acabamos mudando os planos. É um belo lugar para passear, comer e comprar souvenirs.

 

 

Santa Barbara

 

Decidimos almoçar em Santa Barbara. Sem ter planejado, paramos no píer mesmo, que conta com alguns restaurantes.

A vontade era ficar por ali para conhecer alguma vinícola, mas desta vez não estava no roteiro, vamos ter que voltar :D

 

 

Malibu

 

O trecho da rota 1 entre Santa Barbara e Los Angeles é mais movimentado, pois é também a US-101. A paisagem também fica bem diferente.

Passamos então por Malibu, com suas mansões e praias de surfistas...

Para ter uma vista melhor e passar mais perto das mansões, fomos até o “Point Dume”, uma área de preservação no alto do morro.

Dá para chegar bem perto de carro, e então alguns minutinhos de trilha para ter esta vista:

 

Santa Monica

 

A última parada da rota 1 foi em Santa Monica, de onde partimos para explorar Los Angeles. Ali é também o final da lendária rota 66, que vem do interior, sentido leste-oeste.

E assim, com o pôr-do-sol no píer de Santa Monica, terminamos nosso roteiro pela rota 1 da costa oeste dos Estados Unidos. Uma viagem inesquecível, que desejamos que todos possam fazer uma vez na vida!

 

Fica um vídeo para dar um gostinho do vento batendo no rosto....

 

 

Compartilhar no Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

3 dias em Viena!