Floripa: um dia na Barra da Lagoa

27 Mar 2018

No leste da ilha, a Barra da Lagoa é uma região que merece ser explorada. Uma das maiores comunidades pesqueiras de Florianópolis, com uma paisagem exuberante e diversos atrativos.

Do lado direito da praia, há o canal que liga a Lagoa da Conceição ao mar. Muitos aproveitam para mergulhar ou até fazer snorkeling, já que muitas vezes a água está bem cristalina e há muitos peixes. Atenção, no entanto, pois é por onde passam várias embarcações.

Neste lado as ondas são mais calmas, e é onde ficam a maior parte das pessoas curtindo a praia.

Mais à esquerda, onde a orla se confunde com a da praia de Moçambique, por não haver nenhum acidente natural que as separe, há ondas maiores. É uma região bastante procurada pelos surfistas, havendo inclusive escolas de surfe na praia, e também para a prática de kitesurf.

 

Neste post vamos contar sobre duas atividades que fizemos na praia da Barra da Lagoa, mostrando que dá para passar o dia todo por lá: a trilha para as “piscinas naturais” e a visita ao Projeto TAMAR.

 

 

Como chegar:

 

Há duas formas de chegar à Barra da Lagoa: pela Lagoa da Conceição ou pelo Rio Vermelho.

Da Lagoa da Conceição, passando a Praia Mole, chega-se à Barra da Lagoa. Do norte da ilha, para quem vem da Praia dos Ingleses ou do Santinho, por exemplo, passará o bairro do Rio Vermelho e, após a praia de Moçambique chegará à Barra da Lagoa.

Existem ônibus para a Barra da Lagoa, mas se for fim de semana os horários são reduzidos, portanto, se possível, melhor ir de carro. Para estacionar próximo ao acesso principal da praia pode ser um pouco difícil, uma alternativa é estacionar nas proximidades do Projeto Tamar, um pouquinho mais longe, mas há várias vagas.

 

 

Trilha para as “piscinas naturais”:

 

Fizemos esta trilha no fim de semana passado e havíamos feito há 13 anos atrás, quando nem se chamavam “piscinas naturais”. Muito interessante comparar a “evolução”. Hoje há sinalização, o caminho é preparado com estruturas de madeira para facilitar a caminhada e há muitas pessoas fazendo o trajeto o tempo todo. Antigamente eram muito menos os aventureiros e vocês podem imaginar que a tranquilidade no local era outra...e dava para tirar fotos nas pedras sem figurantes rsrsrs...Bem, o importante é que continua sendo um lugar lindo!

 

Vamos explicar como chegar na trilha:

O primeiro passo é chegar à ponte sobre o canal, do lado direito da praia. Hoje a ponte é de estrutura metálica, antigamente era uma ponte pênsil. Era uma diversão passar pela ponte que balançava toda. Por reinvindicação dos moradores, foi construída uma nova ponte, já que a antiga estava com muitas tábuas soltas, toda remendada, e ainda era muito baixa, atrapalhando a passagem dos barcos.

Passando pela ponte, mais uma bela vista do canal...

Na saída da ponte, preste atenção nas plaquinhas que sinalizam as trilhas. Para as piscinas naturais é só seguir para a esquerda, subindo por entre as casas.

Logo adiante, a exuberante Prainha é avistada.

Depois da Prainha está a entrada da trilha das piscinas naturais.

Está tudo bem sinalizado, a trilha é muito fácil e rápida...cerca de 10 minutos para essa vista maravilhosa:

Reparem na sinalização que alerta o perigo:

Esta não é só mais uma plaquinha bonita. É um aviso muito importante. Como dissemos, não faz muito tempo que o local ganhou fama como “piscinas naturais” e, para falar a verdade, este termo pode gerar uma falsa expectativa. Para tomar banho nas “piscinas” formadas no meio das pedras é preciso estar atento, principalmente quando a ondulação está maior, para não correr o risco de se bater nas pedras. Também tem que tomar cuidado com os ouriços-do-mar presos às pedras, nas duas vezes que fomos alguém saiu com espinho no pé.

O que é indiscutível é que é um lugar lindo! Seja para tomar banho ou não, vale a pena conhecer!!

 

 

Projeto TAMAR:

 

O Projeto TAMAR existe em Florianópolis desde 2005, na Barra da Lagoa, com o objetivo de minimizar os efeitos predatórios da pesca sobre as tartarugas marinhas.

Para chegar, ir até o trevo de acesso norte da Barra da Lagoa e entrar para o loteamento Cidade da Barra. Há sinalização, é fácil de achar.

Há visitas guiadas todos os dias pela manhã e tarde, com duração de aproximadamente 1 hora. O ingresso custa R$ 15,00 para adultos e há meia-entrada para crianças, estudantes e idosos.

Para mais informações quanto ao horário de funcionamento, ver no site:

http://tamar.org.br/centros_visitantes.php?cod=8

 

O local não é muito grande e, logo na entrada, ao lado da bilheteria, há uma programação das atividades do dia. Ou você pode ligar antecipadamente para (48) 3236-2015 e perguntar sobre a programação.

Quando visitamos, acompanhamos a alimentação das tartarugas, com um guia que explicava tudo. Foi praticamente uma visita guiada, muito bom!

Esta tartaruga da foto acima estava com as nadadeiras traseiras atrofiadas e tinha sessões de acupuntura para reabilitação!

Passamos por 5 piscinas com tartarugas em estudo ou em recuperação.

Durante a visita, são contadas várias histórias de como as tartarugas foram encontradas, explicados os tipos de tartarugas e muito mais... Também há réplicas e painéis explicativos no local.

Além da visita guiada, esta unidade do TAMAR conta com um museu bem interessante.

Também é possível se cadastrar para receber e-mails que avisam quando haverá soltura de tartarugas na praia.

É um passeio muito legal, educativo, as crianças ficam encantadas...e os adultos também!

Nada mal passar um dia curtindo a praia, fazer uma trilha até um lugar paradisíaco e aprender sobre as tartarugas marinhas! Para almoçar, há vários restaurantes locais, ou mesmo na praia, que servem peixes e frutos do mar fresquinhos!

Espero que tenham gostado da Barra da Lagoa! Quem já conhece sempre vale a pena voltar e quem não conhece, vá logo!!!

 

 

Também temos algumas dicas de hospedagem na Lagoa da Conceição, que fica próxima à Barra da Lagoa e tem mais infraestrutura:

 

Pousada Santarina

Pousada das Palmeiras

 

Ou encontre a hospedagem ideal para você em Florianópolis aqui!

 

Faça sua reserva pelo Booking, através dos links do nosso site! O preço é o mesmo e você retribui pelas nossas dicas 😉!

 

Quer conhecer mais de Floripa? Temos muitas indicações de lugares e atividades bacanas. Entre em contato: nostroverso@gmail.com.

Compartilhar no Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

3 dias em Viena!

14 Nov 2019

1/3
Please reload

Posts Recentes

14 Nov 2019